5 ferramentas de gestão que sua empresa precisa

5 ferramentas de gestão que sua empresa precisa

Contar com o apoio de uma ferramenta de gestão não é coisa apenas a se pensar. A inconstância do cenário econômico faz aumentar ainda mais os riscos que pequenos, médios e grandes negócios estão submetidos. Isso não só por causa do poder de consumo dos seus clientes, que sempre oscila, mas também por causa das altas e baixas dos preços de matéria prima para diversos setores do mercado. Sem contar com o alto preço da mão de obra e outros itens com capacidade de risco. Por estes e outros motivos é importante conhecer mais sobre os sistemas de gestão, como funcionam e como podem ajudar seu negócio.

Só para ilustrar, é sempre bom pensar: como, de tempos em tempos, dar uma renovada na estrutura da sua empresa?

Analise as metas e veja se elas ainda são possíveis ou se estão antigas. Melhore o passo a passo das etapas e rotinas, fazendo ajustes, modificando os funcionários de setores e atualizando a comunicação interna, são bons exemplos disso. Afinal, é importante ter em vista os riscos sempre existentes e o que é tão veloz e que muda tão rápido: o ambiente tecnológico.

E, com base na velocidade com que esse ambiente se desenvolve, é preciso que as empresas caminhem também a passos largos, sem demora. Aliás, é o que você vai conhecer aqui: 5 ferramentas que poderão dar todo impulso que sua empresa precisa.

5 ferramentas de gestão que sua empresa precisa
Os sistemas de gestão podem trabalhar com todos os setores da sua empresa, atuando como um segundo gestor, em parceria com ele.

01. 5W2H

Ela funciona como um planejamento que pretende fazer uma série de questionamentos ao atual momento da empresa. Seu objetivo é melhor indicá-lo o futuro. As perguntas são: What (o quê?) Why (por que?) When (quando?) Where (onde?) Who (quem?) How (como?) How much (quanto?). Conte com essa ferramenta não só nas tomadas de decisão, mas também em todas as etapas das sua empresa.

02. Cinco forças de Porter

Desenvolvida para a análise da concorrência. Esta ferramenta conta com 5 propostas que significam riscos para sua empresa. São elas: (1) disputa entre concorrentes, poder de barganha dos (2) fornecedores e dos (3) clientes, ameaça de (4) novos concorrentes. Por último, a ameaça de novos (5) produtos ou serviços. Fique atento a estes riscos. Sem dúvida eles sempre são muito presentes.

03. PDCA (Plan, Do, Check, Act)

Planejar, executar, Verificar e Agir, é o que propõe esta terceira ferramenta. Sem muitos mistérios, ela pretende acelerar a tomada de decisão do gestor, principalmente, alimentando um ciclo que inicia no projeto e termina na análise dele, quando este já está em funcionamento. Planejar, rever os resultados e novamente planejar.

04. Análise FOFA

Forças, Oportunidades, Fraquezas, Ameaças. Esta ferramenta propõe um olhar voltado para o ambiente interno da empresa (de onde provém as forças e fraquezas) e externo (onde estão as oportunidades e ameaças). Analogamente, é preciso ‘‘casar’’ esses pares e encontrar soluções úteis. Você deve fazer isso para o caso dos riscos conhecidos e, igualmente, para alimentar as forças para os não conhecidos.

05. Matriz BCG

A quinta ferramenta propõe a avaliação da produção da sua empresa a partir da análise de um produto ou serviço específico, este que já esteja no mercado. Aliás, ele servirá não apenas de modelo para demais experiências, onde outros produtos/serviços sejam também avaliados, como também em seu trabalho e potencial, a luz daquele já testado e observado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.