Como melhorar a produtividade do seu food service?

Como melhorar a produtividade do seu food service?

Os funcionários são parceiros fundamentais em qualquer gestão. Se você é empreendedor e conta com uma boa equipe, sabe bem o que é isso. Mas não é sempre que o resultado da atividade dos seus colaboradores é satisfatório. E, para analisar isso, sem dúvida é preciso levar em conta os fatores internos e externos. Geralmente, a atividade deles impacta na produtividade. Mais tarde, isso vai ser sentido no caixa do empreendimento. É inevitável e não há outra saída. Só para ilustrar, é preciso trabalhar com técnicas assertivas e adequadas para o seu negócio, e um exemplo disso é a Getting Things Don ou “A arte de fazer acontecer”. Conheça um pouco deste método agora.

Em que consiste a metodologia GTD?

Essa é uma forma simples de organizar seu dia e torná-lo mais produtivo. É um método que pretende tornar físicos todos os trabalhos e atividades que devem ser desempenhadas no seu dia. Tire-os da sua mente e passe-os para um lugar físico, um papel, por exemplo. Elenque prioridades e trabalhe segundo seus critérios de urgência. Sem dúvida, ter fácil acesso a todas as suas demandas, podendo gerenciá-las e monitorá-las, tornará seu dia produtivo e menos estressante.

Não deixe todas as obrigações ocupando o seu pensamento. Você pouco conseguirá se dedicar exclusivamente à determinada atividade. Tire tudo de ‘‘dentro’’ da sua mente e coloque diante dos seus olhos. Assim, irá conseguir organizar melhor o tempo e trabalhar com uma coisa por vez.

Como melhorar a produtividade com esse método?

São 5 etapas. Repare que elas podem fazer parte da sua vida para além do seu negócio, organizando melhor o que está por trás das múltiplas atividades de um dia. E um elemento que pode lhe ajudar nesse percurso é um software de gestão. Entenda aqui o motivo disso. Ele pode ser um parceiro, mas o próprio método já tem muito a lhe ensinar.

Passo 1

Anote tudo (o que é relevante) que vem à sua mente. Não só por meio de planilha, mas em uma agenda ou no celular. Coloque ali todas as atividades que você precisa desempenhar naquele dia.

Passo 2

Compreenda a essência de cada uma dessas atividades. A que elas se referem? No que influenciam na sua vida e seu dia? E não esqueça dos planos que foram feitos, mesmo os que não têm data para iniciar e terminar.

Passo 3

Separe essas atividades em dias, prioridades, turnos e horários. Seja específico em matéria de tempo para cumprir cada coisa. Deixe sempre um tempo de vantagem entre elas, para não correr o risco de comprometer todo o processo, caso alguma coisa dure mais que o previsto.

Como melhorar a produtividade do seu food service?
Quais são as exigências para a produtividade? Comece pela organização e planejamento.

Passo 4

Escolha um momento do dia ou um dia na semana. Faça a revisão de todas as atividades, não apenas as para um momento específico, mas em um prazo maior. Analise, com crítica, os atrasos e não cumprimento das atividades. Aliás, trabalhe e otimize o tempo, tentando melhor aproveitá-lo. Visite os trabalhos feitos e julgue-os segundo os seus critérios de qualidade. Seja crítico.

Passo 5

Analogamente, visite, sempre, os itens de forma individual. Se são muitos, em um dia ou ao fim de uma semana, volte a eles estabelecendo prioridades e cumpra-os um por um. Permita-se ter que voltar e melhorar alguma atividade mal feita.

O maior investimento que esse método pretende lhe oferecer é organizar sua mente. Afinal, por mais atividades que tenha para desempenhar, você não vai conseguir controlar tudo ao mesmo tempo e com a mesma eficácia. Só para exemplificar, determine as atividades que serão desenvolvidas, de acordo com turnos. E não esqueça de considerar os imprevistos. Eles devem ocupam um lugar não apenas na sua mente, mas também na sua agenda.

Se quiser saber ainda mais sobre a Getting Things Don, clique e aproveite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *