Como os juros negativos influenciam na economia e nos investimentos

Como os juros negativos influenciam na economia e nos investimentos

As companhias securitizadoras são instituições não financeiras constituídas sob a forma de sociedades, que têm por objetivo a obtenção de crédito imobiliário, e através da emissão e colocação de CRI no mercado de capitais para titularização, podem emitir outros instrumentos de crédito, realizar negócios e prestar serviços compatíveis com suas atividades.

São regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que é responsável por estabelecer as condições de seu funcionamento.

A securitização converte direitos de crédito (por exemplo, direitos de crédito gerados por contratos de compra e venda, contratos de arrendamento ou outros) em títulos. A securitização imobiliária pode adotar diferentes formatos. Sempre que possível, o processo começa com o financiamento imobiliário, no qual um determinado cliente assume obrigações de dívida. Essa dívida gera direitos de crédito às instituições financeiras, e as instituições financeiras os alocam a empresas de securitização para a construção de CRI.

Como os juros negativos influenciam na economia e nos investimentos

O negócio de securitização tem afetado fortemente o crescimento do mercado de capitais brasileiro, principalmente nos setores imobiliário, comercial e do agronegócio, fato que teve impacto significativo na economia brasileira, pois a crise econômica dos últimos anos abalou o mercado e a economia força do Brasil.

A função da securitização é converter a dívida da empresa original em garantia hipotecária negociável entre as mais diversas instituições financeiras do Brasil. Os compradores desses títulos podem ser bancos, emissores de títulos ou fundos de investimento.

Como os juros negativos influenciam na economia e nos investimentos

No Brasil, o Instituto de Securitização começou a ser utilizado em negócios de exportação de forma moderada no final da década de 1980, mas foi somente na década de 1990 que seu desenvolvimento se tornou mais eficaz. A importância da securitização cresce um pouco, de modo que a transferência de crédito também passou a fazer parte do Código Civil Brasileiro.

Além da Comissão Monetária Nacional (CMN) e do Banco Central do Brasil (Bacen), a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também administra as emissões de securitização no país. Essa instituição tem competência para fiscalizar o mercado de capitais.

Uma importante tecnologia de securitização é a assinatura eletrônica. Existem algumas empresas no mercado que prestam serviços de assinatura eletrônica para CCB. Isso torna a securitização do CCB mais segura. Pois as vendas do CCB podem ser garantidas por meio de assinaturas eletrônicas, reduzindo assim o risco dos investidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.