Diferentes tipos de empréstimos

Diferentes tipos de empréstimos

Os principais tipos de empréstimos disponíveis no mercado conheça um pouco sobre cada um deles:

Diferentes tipos de empréstimos

EMPRÉSTIMO PESSOAL:

O que é empréstimo pessoal: O empréstimo pessoal, também chamado de crédito pessoal, é oferecido por instituições financeiras e é de fácil acesso, sendo uma das opções disponíveis no mercado para quem precisa de dinheiro com rapidez. 

Diferença entre empréstimo pessoal e financiamento: A diferença entre o empréstimo pessoal e financiamento é que  o financiamento é um tipo de empréstimo, mas que tem uma finalidade específica e será usado para um objetivo já definido e alinhado com o banco. No caso do financiamento, o valor emprestado é exatamente o que você vai pagar no imóvel ou no veículo.

Quem pode pedir empréstimo pessoal: O crédito pessoal pode ser feito por qualquer pessoa: trabalhador autônomo, aposentado, pensionista e até mesmo negativados (a gente explicou aqui no blog que neste último caso as taxas são maiores). Em alguns casos, basta comprovar renda, ou seja, que você pode quitar esta dívida.

Como pedir um empréstimo pessoal: É possível contratar empréstimos sem sair de casa, mas você deve se certificar de que a empresa é confiável. Antes de pegar o dinheiro emprestado, avalie de verdade quanto você precisa e se terá condição de pagar o montante.

Pesquise em mais de um local o valor do crédito, as taxas de juros e o prazo para pagar. Avalie os pontos a favor e contra de cada um dos locais, para escolher qual é o melhor para você.

Empréstimo pessoal com garantia:  O empréstimo com garantia de imóvel, conhecido como home equity, é uma modalidade de crédito que tem juros mais em conta que as taxas do cartão de crédito, cheque especial ou empréstimo pessoal.

Diferentes tipos de empréstimos

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO:

O que é empréstimo consignado: O crédito consignado é uma modalidade de empréstimo exclusiva para aposentados e pensionistas do INSS, militares das forças armadas, trabalhadores assalariados CLT de empresas privadas e servidores públicos. 

Ao optar pelo consignado, o cliente autoriza que a instituição financeira desconte as parcelas de quitação do empréstimo diretamente da sua folha de pagamento ou benefício do INSS, o que reduz o risco de inadimplência.

Tipos de empréstimo consignado:

  • Empréstimo consignado privado;
  • Empréstimo Consignado INSS;
  • Empréstimo consignado para servidores públicos.

Como funciona o empréstimo consignado: As parcelas são descontadas diretamente do salário ou da aposentadoria. Na prática, significa que uma parte da renda fica comprometida antes mesmo de o dinheiro chegar na conta do consumidor.

Quem pode pedir empréstimo consignado: De forma geral, para conseguir um empréstimo consignado é preciso ter uma renda fixa garantida, que possa ser comprovada. Quem se encaixa nesse requisito são funcionários públicos, pensionistas e aposentados do INSS e funcionários do setor privado com carteira assinada.

Diferentes tipos de empréstimos

EMPRÉSTIMO ROTATIVO:

O que é empréstimo rotativo: Empréstimo rotativo é um tipo de crédito oferecido ao consumidor quando ele não faz o pagamento total da fatura do cartão até o vencimento. O exemplo mais conhecido é quando pagamos o valor mínimo da fatura. Mas o rotativo acontece quando você paga qualquer quantia menor que o valor integral.

A diferença entre o valor total e o que foi efetivamente pago até o vencimento se transforma em um empréstimo. E, por causa disso, passa a ter juros no restante que você tem a pagar. 

Quem pode pedir empréstimo consignado: De forma geral, para conseguir um empréstimo consignado é preciso ter uma renda fixa garantida, que possa ser comprovada. Quem se encaixa nesse requisito são funcionários públicos, pensionistas e aposentados do INSS e funcionários do setor privado com carteira assinada.

Como pedir o empréstimo consignado: Essa modalidade de crédito é bem fácil de conseguir, porque não envolve tanta burocracia quanto os outros tipos de empréstimo. O principal requisito é possuir uma fonte de renda comprovada e encontrar uma instituição financeira que tenha convênio com a empresa em que você trabalha.

Os funcionários vão precisar apresentar alguns documentos pessoais e comprovante de renda. O desconto das parcelas é feito na folha de pagamento, ou seja, todo mês elas serão descontadas diretamente do salário, garantindo mais facilidade e evitando esquecimentos que poderiam resultar em multas e juros.

Outra vantagem é que mesmo pessoas com o nome sujo podem conseguir se beneficiar, exatamente porque o desconto é feito diretamente em folha, estabelecendo uma garantia de que o banco ou financeira irá receber as parcelas, mesmo que o solicitante tenha outras dívidas.

Diferentes tipos de empréstimos

CHEQUE ESPECIAL:

O que é o cheque especial: O cheque especial é uma linha de crédito pré-aprovado que o banco disponibiliza desde a abertura da sua conta corrente, mesmo sem você ter solicitado. 

Ele não deixa de ser um tipo de empréstimo, embora o acesso não dependa de análises de crédito complexas. Normalmente, é utilizado como uma solução rápida para momentos de aperto ou de confusão com as finanças pessoais.


Como funciona o cheque especial: O cheque especial funciona como uma espécie de “empréstimo automático”. Quando o correntista utiliza todo o saldo da sua conta bancária, o banco empresta automaticamente um valor pré-aprovado para que ele possa continuar consumindo. E, como em qualquer empréstimo, há cobranças para o uso desse montante.

Diferentes tipos de empréstimos

REFINANCIAMENTO DE IMÓVEL:

O que é o refinanciamento de imóvel: O Crédito com Garantia de Imóvel, ou refinanciamento de imóvel, é um tipo específico de empréstimo pessoal, que pode ser feito para imóveis já quitados e também para os que ainda estão sendo pagos.

Nessa modalidade, quem pede o crédito apresenta um imóvel – seja uma casa, apartamento ou terreno – como garantia. Dessa forma, os bancos e as instituições financeiras entendem que o pagamento das parcelas será feito em dia, então o risco da operação diminui.

Como funciona o  refinanciamento de imóvel: Nessa modalidade, quem pede o crédito apresenta um imóvel – seja uma casa, apartamento ou terreno – como garantia. Dessa forma, os bancos e as instituições financeiras entendem que o pagamento das parcelas será feito em dia, então o risco da operação diminui.

Quem pode solicitar o refinanciamento de imóvel: Qualquer pessoa física com uma propriedade registrada em seu nome pode solicitar o refinanciamento de imóvel, mas a parcela do empréstimo fica limitada a 30% da renda líquida do solicitante.

Como solicitar o refinanciamento de imóvel: Para obter o empréstimo, o cliente precisa recorrer a um banco ou instituição financeira especializada em financiamento imobiliário. Assim, ao oferecer o seu patrimônio como garantia, é possível conseguir um refinanciamento de até 82% do valor do imóvel com juros muito vantajosos.

Diferentes tipos de empréstimos

ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA:

O que é antecipação da restituição do imposto de renda: A restituição do Imposto de Renda 2019 é a devolução do valor pago a mais ou a menos para a Receita Federal durante o ano anterior. Por isso, se na entrega da declaração for indicada uma diferença positiva, significa que o contribuinte, isto é, deve pagar o restante do tributo. Se for negativa, há saldo a ser recebido, ou seja, você receberá a quantia na conta corrente ou poupança especificada.

Como funciona a antecipação da restituição do imposto de renda: Para antecipar a restituição, o cliente precisa ter indicado o banco como local de depósito da restituição. Essa indicação é feita na declaração de Imposto de Renda. O valor liberado varia de 75% a 100% da restituição, e o dinheiro cai na conta até o dia seguinte ao acerto do contrato.

Quem pode solicitar restituição do imposto de renda: Toda pessoa que declara o IR tem direito à restituição, quando há saldo a ser recebido. Quando há valores a pagar, a quitação é feita à vista ou de maneira parcelada, com cadastro de débito automático na conta corrente do contribuinte.

Como solicitar restituição do imposto de renda: Solicitar, através do “Meu Imposto de Renda” no e-CAC, pagamento da restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física não resgatada na rede bancária. Essa solicitação deverá ser feita somente se a restituição não for resgatada durante 1(um) ano após a liberação do lote da restituição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.