Entenda melhor sobre o RLP – Retail Liquidity Provider

Entenda melhor sobre o RLP - Retail Liquidity Provider

O que é a RLP?

Como o nome sugere, o papel do sistema é basicamente ajudar a fornecer liquidez ao mercado. O objetivo é permitir que os investidores tentem vender um grande número de produtos em um pequeno mercado de contratos a um único preço.

Se não houver RLP, os investidores ficarão “reféns” de um problema de baixa liquidez, o que os obrigará a comprar e vender em lotes menores, cada um com um preço diferente.

Entenda melhor sobre o RLP - Retail Liquidity Provider

Como funciona a RLP (Retail Liquidity Provider):

Em primeiro lugar, para os investidores participarem do processo licitatório por meio de um provedor de liquidez de varejo (RLP), é necessário assinar o RLP e autorizar uma corretora a fazê-lo.

Ao enviar cotações de RLP no CM Capital e.PLUS, ele irá diretamente para a Close-Out Risk Evaluation (CORE) do B3, a transação irá identificá-lo como um pedido de provedor de liquidez de varejo e devolvê-lo ao corretor, que então atua como a contraparte executa o transação no 1 código de estoque acima do primeiro pedido na linha do livro de pedidos.

Através do RLP, as ordens de mercado serão sempre executadas ao mesmo ou melhor preço acordado na primeira camada da carteira de ofertas naquele momento, o que é muito benéfico para os resultados financeiros das operações dos clientes de retalho.

Entenda melhor sobre o RLP - Retail Liquidity Provider

Vantagens e Desvantagens:

Vantagens:

Fortalecimento do mercado:

Com as vantagens da liquidez e melhores preços, espera-se que as pessoas invistam mais no modelo de micro contrato para promover e fortalecer o mercado.

Menor corretagem:

Alguns corretores oferecem zero taxa de corretagem para aqueles que ativam o RLP.

Transparência:

Todas as transações realizadas pela corretora devem ser divulgadas uma vez por mês para garantir a transparência ao investidor. 

Desvantagens:

Conflito de interesses:

Nesse modelo, o corretor tem duas funções. Ao sugerir ações (como indicar pontos de entrada e saída), ela também executa pedidos com base no cliente e em suas próprias recomendações.

Redução das negociações no mercado:

À medida que o risco aumenta, especula-se que o formador de mercado irá reduzir o volume de transações desses ativos, ou o spread da transação (a diferença de valor entre o preço de compra e o preço de venda do ativo) pode aumentar, o que não é favorável ao objetivo da RLP.

Maior risco:

Um dos pontos levantados é que, como os corretores priorizam o atendimento ao investidor de varejo, os investidores de livros tendem a se especializar e aumentar o risco do negócio (é mais fácil ganhar no mercado entre os investidores menos qualificados ou com menos conhecimento).

Entenda melhor sobre o RLP - Retail Liquidity Provider

Como a RLP afeta o mercado:

O principal objetivo da RLP é resolver os problemas de liquidez dos modelos de abastecimento disponíveis no mercado.

Portanto, o novo sistema visa eliminar a situação difícil dos investidores que não podem negociar seus ativos em um único nível de preço.

Esse novo modelo permite que os intermediários de mercado atuem como contrapartes nas negociações, ou seja, se tornem provedores de liquidez ao executar integralmente as ordens de clientes individuais.

Na prática, a RLP permite que o corretor se torne um agente de cotação no mercado, desempenhando um papel tanto de comprador quanto de vendedor, estando sempre no topo da cotação.

Nesse sentido, o mecanismo garante as melhores ofertas do comprador e do vendedor na ordem de mercado.

Por fim, como a RLP pode promover negociações de saída a um preço melhor, espera-se que o volume de negócios aumente bastante, melhorando a eficiência de todo o mercado.

Vale a pena observar a fase de testes desse mecanismo para confirmar ou antecipar seu impacto no mercado.

Entenda melhor sobre o RLP - Retail Liquidity Provider

Como aderir?

É importante ressaltar que os investidores não são obrigados a cumprir a RLP, pois cada corretora tem sua forma de permitir o acesso a esse sistema. Normalmente, é suficiente que o cliente entre em sua área de login e expresse a intenção de usar o sistema para a corretora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.