Juros Pré-Fixados x Juros Pós Fixados

Juros Pré-Fixados x Juros Pós Fixados

O que são Juros Pré-Fixados e Juros Pós Fixados?

Juros Pré-Fixados:

Os investimentos de taxa fixa são investimentos para os quais você já conhece os benefícios desde o início. Como o nome sugere, a rentabilidade é predeterminada – é definida com antecedência no dia do investimento e não mudará devido a quaisquer fatores externos.

Juros Pós Fixados:

As taxas de juros flutuantes estão relacionadas à inflação ou às taxas de juros de curto prazo. Essas taxas mudarão com o tempo e com as condições econômicas do país. Isso significa que qualquer pessoa que opte por uma taxa de juros fixa pode alterar o valor da parcela todos os meses.

Juros Pré-Fixados x Juros Pós Fixados

Qual a diferença entre taxa de pós-fixada e juros prefixada?

Antes de discutir os métodos de cálculo, vamos lembrar como funcionam os juros da hipoteca. Junto com a amortização e outros fatores (que veremos mais adiante), a taxa de juros representa o preço real do empréstimo.

Os bancos usam taxas de juros para cobrar o aluguel dos empréstimos. Afinal, se o cliente pagar apenas as despesas de amortização, a instituição de crédito sofrerá prejuízos por conta da inflação.

Existem duas formas de calcular o preço do “aluguel” gerado nas parcelas dos financiamentos: juros fixos ou juros prefixados.

Juros prefixados:

Esta é a maneira mais fácil de calcular juros. Dessa forma, não há surpresas, pois a taxa de juros é apurada no momento da assinatura do contrato de empréstimo e permanece em vigor até a liquidação.

Quem opta por linhas de crédito com taxas fixas para financiar imóveis sabe exatamente quanto vai pagar parcelado do primeiro ao último mês. Afinal, o valor não sofrerá alteração durante o processo de financiamento, exceto na pré-determinação.

Juros pós-fixados:

Por sua vez, as taxas de juros flutuantes estão relacionadas à inflação ou às taxas de juros de curto prazo. Essas taxas mudarão com o tempo e as condições econômicas nacionais.

Isso significa que quem optar por uma taxa de juros fixa pode alterar o valor da parcela todos os meses. E dependendo da situação econômica, pode ser mais barato ou mais caro.

Juros Pré-Fixados x Juros Pós Fixados

Qual escolher?

No mundo financeiro, você deve sempre lembrar que não existem coisas boas e ruins. O que existe é mais adequado para um determinado objetivo e sob uma determinada condição. Afinal, o que é melhor para os outros não é necessariamente o melhor para você.

Quando falamos sobre como as taxas de juros são afetadas pelo tempo e pelas flutuações do mercado, é difícil dizer o que é melhor. Ao escolher, no caso de taxas de juros flutuantes, é necessário considerar a estimativa evolutiva e o valor da taxa de juros nominal fornecida em cada uma.

Para investimento, prestar atenção ao mercado e entender seu perfil de investidor pode ajudá-lo a estimar qual tipo de interesse é mais benéfico. Os conservadores que buscam mais segurança estão mais interessados ​​em títulos de taxa flutuante. Esses títulos seguem a inflação econômica e as flutuações do mercado. A única coisa a se notar é que se a taxa de inflação for alta, neste caso, seu investimento pode ter um retorno menor.

Embora os títulos prefixados permaneçam os mesmos durante todo o período e pareçam ser uma escolha segura, se o rendimento for inferior à taxa de inflação, o rendimento poderá ser inferior. Em outras palavras, embora não seja uma prática normal, é mais recomendável usar investimentos de taxa fixa durante períodos de alta inflação. Em períodos de baixa inflação, taxas de juros flutuantes podem ser mais vantajosas porque podem alcançar maior lucratividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *