O que é DRE?

O que é DRE?

O que é DRE?

O DRE é um relatório contábil que mostra as receitas, custos e despesas da empresa durante um determinado período. Tem como objetivo mostrar se a empresa teve lucro ou prejuízo durante o exercício, podendo também ser comparado com os resultados de anos anteriores, ou mesmo com outros no mercado.A rentabilidade da empresa.

Por ser a DRE realizada por meio de balanço, ela deve ser assinada por contador credenciado na Comissão Regional de Contabilidade (CRC). Isso é necessário para todas as empresas, exceto microempresários individuais (MEI).

Outro dado importante do DRE é que as empresas de capital aberto que possuem ações em Bolsa de Valores são obrigadas a apresentar publicamente a demonstração do resultado do exercício a cada seis meses.

O que é DRE?

Para que serve a DRE?

O relatório não é apenas uma obrigação contábil. As informações do relatório são utilizadas para realizar análises de gestão, que é uma ferramenta essencial de gestão. O relatório fornece dados sobre o desempenho de caixa e pode ser usado como base para futuras previsões financeiras.

Com Dre, a estratégia da empresa pode ser reavaliada, medida para reduzir despesas e produzir melhor desempenho financeiro.

Em conjunto com o DRE, é também necessário analisar a estrutura do balanço da empresa, que nada mais é do que um relatório de gestão para apurar a relação entre o património da empresa (bens e direitos) e o passivo (dívidas). Portanto, ele pode equilibrar os recursos que entram e saem da empresa, garantindo assim o bom desempenho da empresa.

O que é DRE?

Importância da DRE:

O objetivo da demonstração de lucros e perdas deste ano é fornecer aos usuários das demonstrações financeiras da empresa os dados básicos e necessários para formar os lucros e perdas do ano corrente.

Em outras palavras, é um dos relatórios mais importantes que os contadores devem gerar. Isso ocorre porque gerentes, investidores, bancos e o próprio governo estão todos usando. Ele pode avaliar as capacidades da sua empresa e sua situação real. É uma ferramenta importante para a tomada de decisões.

O que é DRE?

Como elaborar a DRE?

Receita Operacional Bruta: Na primeira fase, aumentaremos as vendas de produtos e a prestação de serviços. Em seguida, devemos fazer algumas deduções, como descontos, devoluções de vendas e imposto sobre vendas e pagamento.

Receita Operacional Líquida: Após concluir as operações acima, receberemos a receita operacional líquida. Devemos deduzir o custo dos produtos vendidos, como matérias-primas ou serviços prestados.

Resultado Operacional Bruto: Finalmente, após deduzir o custo das vendas, obtemos o resultado operacional total. Nessa altura, para além do que consideramos “outras receitas e despesas”, tínhamos de deduzir despesas operacionais, nomeadamente despesas com vendas e administrativas, e despesas com devoluções financeiras e variação cambial.

Resultado Operacional Antes do IR e CSLL: Obtivemos o resultado das operações antes do imposto de renda e da contribuição social. Como você já deve ter imaginado, agora é a hora de descontar a contribuição social do imposto de renda e do lucro líquido.

Lucro Líquido Antes das Participações: No final, teremos o lucro líquido antes da participação e devemos deduzir o Pro Labore dele.

Resultado Líquido do Exercício: Por fim, após todas as etapas, chegamos ao resultado líquido efetivo do ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.