O que é rating?

O que é rating?

O que é rating?

O Rating é um termo em inglês que, traduzido, significa classificação. Mas, do ponto de vista econômico, ele costuma representar a avaliação do risco de crédito dada por uma agência de classificação de risco a um protagonista econômico, seja um Estado ou uma empresa.

O que é rating?

Para que serve o rating:

O objetivo da notação de crédito dada a uma dívida e da avaliação que é feita, é dar aos investidores informação sobre esse investimento.

As agências devem fazer uma análise objetiva e independente das empresas ou países que emitem dívida.

No entanto, o uso dos ratings evoluiu muito e deixou de ser uma mera opinião que os investidores podem ou não seguir. Muitos contratos de empréstimos estão ligados à ratings e, como aconteceu no caso de Portugal durante a crise, dependendo da forma como está acordado o negócio, quem empresta o dinheiro pode, por exemplo, exigir ou o seu dinheiro de volta ou exigir mais garantias ao devedor, em caso de queda da nota dada pelas agências.

No caso da dívida pública, existe também uma regra no Banco Central Europeu que impede os bancos de utilizarem dívida pública como garantia nos empréstimos pedidos ao BCE, caso essa dívida esteja abaixo da chamada escala de investimento em todas as quatro agências que o BCE usa: Moody’s, Standard & Poor’s, Fitch e a canadiana DBRS.

O que é rating?

Os diferentes modelos de rating:

O Rating funciona com 4 modelos, que são: o internacional, nacional, e os de moeda local e estrangeira.

No tipo internacional, são comparados os países entre si, a nível global, sob diversos fatores. Já no nacional, é feita uma avaliação local, levando em conta apenas o contexto de determinado Estado.

Já no modelo de moeda local, o Rating se direciona em qual é o grau de expectativa para o pagamento da moeda em circulação no país. No de moeda estrangeira, é considerado o nível de dificuldade que investidores estrangeiros terão para receber seus valores – repatriar investimentos – feitos no país avaliado. 

O que é rating?

Qual é a importância do rating?

O rating é uma importante ferramenta de análise para os investidores.

Afinal, é ele quem indica se uma emissão de dívida tem uma boa chance de ser paga, a ponto de mitigar o risco de atrasos e calotes e incentivar (ou não) futuros investimentos.

A nível global, o rating também influencia as estratégias de cada país para o crescimento de suas respectivas economias. Notas de crédito rebaixadas, por exemplo, costumam dispersar a aplicação de capital estrangeiro em itens nacionais e favorecer recessões.

Já o movimento contrário influi em um esperado incremento subsequente de investimentos.

O que é rating?

Quem define quais empresas terão rating?

As empresas contratam as agências classificadoras para que as avaliem e atribuam os ratings. Com isso, conseguem embasar melhor a estruturação de suas dívidas, atingindo um custo de dívida condizente com seu risco. Além disso, diversos fundos de investimentos possuem restrições a investimentos sem rating ou com rating abaixo de um nível determinado. Por fim, o rating ajuda o investidor final a entender o risco do emissor. Sendo assim, as empresas têm incentivo a contratar as agências e divulgar seus ratings. Por outro lado, vale lembrar que essas contratações de ratings representam uma despesa para as empresas. Por isso, é mais comum que empresas grandes tenham rating do que as pequenas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *