O que são recebíveis imobiliários e como investir?

O que são recebíveis imobiliários e como investir?

Afinal, o que é e como funciona o mercado de recebíveis imobiliários e quando é o tempo adequado para investir?

O negócio com recebíveis é uma forma inteligente para arrecadar dinheiro. Entre as opções de linhas de crédito, é uma que oferece não só rapidez como também a segurança que muitos empreendimentos podem estar necessitando. Essa é uma forma eficaz de financiar o capital de giro de um negócio. Aliás, trabalha com a antecipação de valores que somente a prazo seriam recebidos. Até se decidir por esse acordo é preciso lembrar que as instituições que vendem seus recebíveis imobiliários terão algum tipo de prejuízo. Afinal, parte dos valores que deveriam ser pagos somente ao longo do tempo serão pagos à vista, mas tendo uma terceira empresa como ponte. Isso sempre faz parte do contrato: um prejuízo que significa investimento.

Só para ilustrar, quase sempre é preciso que exista um considerável valor para tirar um projeto do papel. É aqui que surge a possibilidade de enxergar o investimento em recebíveis imobiliários. Estes valores podem representar oportunidades. E geralmente significam isso. E podem auxiliar, em curto prazo de tempo, não só no recebimento de capital para ajudar determinado projeto de uma empresa, mas também a alimentar o capital de giro.

O que são recebíveis imobiliários e como investir?
Investir em recebíveis imobiliários não é apenas compra e venda de imóveis. Este mercado se apresenta cada vez mais como um investimento eficiente e variado.

O que são as securitizadoras e qual seu papel?

Do lado de cá estão as empresas que tem interesse em adquirir esses valores e fechar acordos com outras que precisam antecipar dinheiro. Assim, aquelas recebem, por meio de contratos legais, créditos futuros, como empréstimos e processos judiciais, por exemplo. Elas pagam valores, às empresas que contrataram tal serviço, menores que os que deveriam receber a prazo. Este é um ponto importante a se falar, quando o assunto é investimento com imóveis, especialmente quando se tem um investimento especifico já em mente. É uma preocupação a menos para quem recebeu o valor antes do tempo.

Quais os benefícios e prejuízos?

Por se tratarem de valores que seriam pagos a longo prazo, as empresas que contratam o serviço tem, nos antecipados, certo prejuízo. Mas não contam muito com a preocupação e os riscos de não pagamento, por parte dos seus devedores. Para as duas partes existem riscos ou prejuízos, mas essa forma de mercado tem se instalado com força, mesmo em tempos de pandemia.

O que justifica esse crescimento é a necessidade rápida de dinheiro. Sobretudo no caso das de pequeno porte. Aliás, é nestes casos em que o investimento pode mais ter que esperar. Sem dúvida esta se mostra como uma forma eficaz de evitar os riscos mais perigosos da instabilidade do mercado, por exemplo. Para quem têm planos de aumentar o negócio e precisa pagar contas atrasadas, os recebíveis imobiliários também podem e valem a pena. Mas, nestes casos, é preciso bastante atenção.

Ao mesmo tempo, conheça esse setor do mercado de investimentos e quando é a hora certa para abraçar as suas propostas. Não esqueça de planejar a utilização desse valor antecipado. Ele não pode ficar vagando pela sua empresa. Conte com ele não só para dar respiro à sua empresa, mas também gerar lucro. Aproveite para conhecer um pouco dos gastos com esse tipo de negócio. Essa, sem dúvida, pode ser uma boa oportunidade, a depender da estrutura do seu negócio.

Saiba mais em https://blog.firma.capital/o-investimento-imobiliario-e-taxas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.