Trabalha com metas – o que é fundamental – e realmente aplicar esforços para alcançá-las, é uma prova de que os passos já estão sendo dados. Mas não pode por aí. Nesse percurso, saiba ler as oportunidades que estão entrelinhas. Muitas vezes não foram estipuladas metas e só com o tempo essa falta vai se deixando notar. Aliás, há um processo que se encarrega dessa atividade: o mapeamento de processos.

E qual o seu conceito?

Mapear os processos significa visitar as etapas de produção. E ainda encontrar soluções que melhorem as metas e objetivos que se esperam com cada um dos movimentos planejados. É uma nova visita ao planejamento, para tentar localizar falhas nos processos e, assim, avaliar o nível de possibilidade e dificuldade para o êxito.

Os benefícios, claro, são muitos. Primeiro porque eles oferecem um panorama da atual realidade da sua empresa e possibilitam a mudança das estratégias e a tomada de decisões. Isto faz com que os ciclos andem mais rápido. Só para exemplificar: mude funcionários de setor, faça mais encontros e reuniões e invista mais em comunicação interna. Estes devem ser resultados dessa visita à história da empresa. Aliás, desenvolver softwares de gestão que auxiliem e acelerem etapas ajuda, e muito, no andamento dos processos de sua empresa. Feito isso, ou não, sem dúvida é preciso compreender as razões de ser de um mapeamento de processos. Por isso, acompanhe alguns dos principais motivos que o levam a ser tão importante.

Por que mapear os processos de sua empresa?

Uniformidade de atividades

Sem dúvida aqui está a garantia que sua empresa vai oferecer sempre um serviço ou produto com a mesma qualidade. Destine funcionários e os treine para setores onde possam desenvolver, por um bom período de tempo, suas funções.

Favoreça a comunicação e recordação dos objetivos da empresa

Desenvolva artes e outras formas de comunicação, visual e oral. Assim, constantemente, você irá refrescar a todos sobre as metas e quais os apontamentos que elas direcionam para cada setor. Aliás, com certa frequência, é preciso que todo o corpo de funcionários interaja e troque ideias, tornando as etapas dos diferentes setores algo comum.

Então, como mapear?

  1. Relembre, com frequência, as metas e seus prazos. Aproveite para saber mais sobre metas de vendas, clicando aqui;
  2. Avalie os trabalhos. Verifique se eles realmente são condizentes com os propósitos;
  3. Procure localizar (entre os diferentes setores) as práticas desnecessárias. Lembre de outras que devam ser acrescentadas e aplicadas pelos pelo corpo de funcionários;
  4. Analogamente, selecione todas essas informações e finalize seu mapeamento. Encontre conclusões objetivas, a respeito de mudanças, acertos e previsões;

Se você deseja ainda mais dicas, clique aqui e fique ainda mais por dentro.