Taxas de juros influenciam os investimentos

Taxas de juros influenciam os investimentos
Taxas de juros influenciam os investimentos

Na hora de escolher um investimento, é muito importante ficar atento às taxas de juros. Elas é que vão determinar a rentabilidade final da sua aplicação.

No entanto, comparar as taxas oferecidas nem sempre é fácil. Por isso, vale prestar atenção ao tipo de taxa anunciada e se o rendimento prometido envolve o pagamento de outras tarifas (como taxa de administração, taxa de performance ou taxa de custódia).

Assim, para escolher os melhores investimentos, você deve sempre levar em consideração o que você pretende fazer com o dinheiro, pois os prazos, as taxas e as condições para aplicação e resgate costumam variar bastante dependendo do tipo de investimento.

A taxa de juros tem relação direta com o tempo: quanto mais ele passa, maior ela é. E isso vale tanto para os investimentos quanto para os empréstimos.

Nos investimentos, os juros são os rendimentos pagos pelo emissor da aplicação ao investidor, que pode ser uma pessoa física ou jurídica. 

Normalmente, as taxas de juros são apresentadas em porcentagem anual, mas também podem ser encontradas com bases semestrais, mensais e até diárias.

Taxas de juros influenciam os investimentos

O que é e como funcionam as taxas de juros?

A taxa de juros é o preço que os tomadores de empréstimos pagam aos emprestadores para poderem usar um dinheiro que não é seu. É possível comparar um empréstimo de dinheiro a um aluguel de imóvel.

Na prática, eles funcionam como uma compensação pelo tempo em que o dinheiro ficou emprestado ou investido. A taxa de juros está diretamente ligada à diferença entre o valor emprestado e o valor devolvido. 

Taxas de juros influenciam os investimentos

Taxas de juros influenciam os investimentos?

A taxa de juros afeta diretamente o nível de investimento privado no país. Quando a taxa de juros está alta, o nível de investimento cai, pois ganha-se mais no mercado financeiro do que no investimento em produção. Quando a taxa de juros cai, a relação se inverte: ganha-se mais dinheiro com a produção do que no mercado financeiro.

Escolher entre uma taxa prefixada ou pós-fixada, por exemplo, pode ser determinante para que a rentabilidade de seus títulos seja positiva ou deixe a desejar.

Portanto, é importante ficar de olho nas mudanças que elas apresentam e também nas vantagens de cada uma dentro de um cenário específico. 

A taxa de juros real representa os rendimentos do seu investimento na prática. Ou seja, através dela, é possível fazer o cálculo de quanto seu patrimônio vai crescer no período de investimento. Isso, é claro, levando em conta a inflação e outras taxas e impostos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.